Submissões

Encontra-se aberto, de 5 de abril a 30 de maio, o período de submissão propostas de apresentação de trabalhos e performances para o IX Congresso em Estudos Culturais, que decorrerá nos dias 13, 14 e 15 de novembro de 2024, no Departamento de Línguas e Culturas (DLC) da Universidade de Aveiro, em Portugal. O evento é uma organização do Grupo Género e Performance (GECE) e do Núcleo de Estudos em Cultura e Ócio (NECO) do Centro de Línguas, Literaturas e Culturas (CLLC) e do Programa Doutoral em Estudos Culturais da Universidade de Aveiro (Portugal).

1. CULTURAS, ATIVISMOS E MUDANÇAS CULTURAIS

No IX Congresso Internacional em Estudos Culturais será abordada a temática da Culturas, Ativismos e Mudanças Culturais. Pretendemos centrar-nos nos pontos de colaboração, inflexão e fricção que esta temática envolve, debatendo as controvérsias intrínsecas, quer do ponto de vista epistemológico, quer político e académico. 

2. ORGANIZAÇÃO DAS SESSÕES

IX Congresso Internacional em Estudos Culturais – Culturas, Ativismos e Mudanças Culturais acolhe três modalidades de apresentações: 

2.1 CONFERÊNCIAS E MESAS REDONDAS EM SESSÃO PLENÁRIA

As conferências e as mesas redondas destinam-se a convidados cujas trajetórias de investigação, ativista e/ou artista sejam notoriamente reconhecidas nacional e internacionalmente.

2.2 COMUNICAÇÕES E PERFORMANCES

As nossas sessões paralelas incluirão a apresentação de trabalhos e performances. Cada sessão será organizada em torno de um tema e composta por até 5 trabalhos que o abordarão a partir de diferentes perspetivas, e juntará investigadores, ativistas e artistas na discussão. Pretendemos que o encadeamento dos trabalhos permita debates ricos e aproxime autores e público na discussão.

O tempo máximo pretendido para cada apresentação será de 10 minutos, seguindo-se um período de discussão mais alargado. O modelo de cada apresentação fica a cargo de cada participante, sendo incentivada a criatividade e a multiplicidade de formatos. 

A organização do Congresso desafia ainda os participantes a encontrarem formatos alternativos ao já desgastado uso de PowerPoint e adverte que a disponibilidade destes equipamentos será limitada. Para o melhor andamento dos trabalhos, sugerimos a todos que usem os seus próprios computadores portáteis. As propostas para performance serão avaliadas também quanto à sua exequibilidade, dadas as condições estruturais do espaço disponível para o evento. Todos os formatos são bem-vindos, mas adaptações talvez sejam necessárias. Em caso de dúvida entre em contato com a organização.

3. TÓPICOS TEMÁTICOS

Sugerimos aqui algumas temáticas, mas não encerramos nelas o escopo do IX Congresso Internacional em Estudos Culturais, ficando livres os autores para contribuir com outras propostas:

  • Ativismos Queer e LGBTI+; 
  • Ativismos Anti-racismo; 
  • Ativismos Feministas;
  • Ativismos pelos direitos das pessoas com deficiência; 
  • Ativismos Ambientais; 
  • Ativismos Indígenas; 
  • Ativismos Culturais: através da música, performance, teatro, cinema, etc…
  • Artivismos; 
  • Ativismos Estudantis; 
  • Ativismos contra a gentrificação e turistificação das cidades; 
  • Ativismos pelo Direito à Habitação; 
  • Militâncias e Ativismos nos Partidos Políticos; 
  • Ativismos Digitais;
  • Ativismos pela Paz; 
  • Ativismos relativos a Apoios Sociais: fornecimento de bens alimentares e outros…; 
  • Relações desiguais de poder no interior dos ativismos;
  • Ascensão de ativistas à celebridade (por exemplo, através das redes sociais); 
  • Inteligência Artificial e o futuro dos ativismos; 
  • O papel das Organizações sem Fins Lucrativos nos Ativismos; 
  • Redes Transnacionais nos ativismos; 
  • Festivais, feiras e comemorações de ativismos; 
  • Ativismos Museológicos; 
  • Ativismos Antiespecistas; 
  • Ativismos Ciclísticos; 

4. DIRETRIZES GERAIS

4.1 SUBMISSÃO DE RESUMOS

Podem ser submetidos resumos de trabalhos e performances com até 4 (quatro) coautores. As propostas devem ser enviadas num dos dois idiomas oficiais do evento, português e inglês, e apresentar os seguintes elementos: título; resumo de até 600 palavras; até 5 palavras-chave; autores; filiação institucional; forma de apresentação.

Cada autor poderá apresentar no máximo 3 trabalhos.

A data limite para a receção de resumos é o dia 15 de maio. O resumo deverá ser enviado pelo formulário designado para o efeito. O resultado da avaliação feita pela Comissão Científica será comunicado, por e-mail, a partir do dia 1 de julho.

4.2 SUBMISSÃO DE TRABALHOS COMPLETOS

Os textos completos dos trabalhos académicos aceites deverão ser submetidos até ao dia 30 de setembro. É obrigatória a submissão destes trabalhos nas duas línguas oficiais do congresso: português e inglês. É nossa intenção garantir assim a maior difusão internacional possível.

4.3 REGRAS PARA FORMATAÇÃO DE TEXTO E APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS

As comunicações serão agrupadas pela comissão organizadora, tanto quanto possível, em torno do tema indicado no ato da submissão. As atas com os resumos das performances e os textos aceites estarão disponíveis online no site do congresso, podendo ser consultadas no momento da comunicação.

Os textos completos devem ser enviados nos dois idiomas oficiais do evento, em dois ficheiros separados. Cada versão deve ter entre 8 e 10 páginas; fonte: Geórgia, 11 pto. (corpo), 10 pto. (citações), 9 pto. (notas de rodapé); espaçamento 1,5 (corpo), 1,0 (citações e notas de rodapé); parágrafo: 10 pto; referências no final.

Em breve serão divulgados um modelo para formatação de texto e a ligação para a plataforma de submissão dos trabalhos completos.

5. PUBLICAÇÃO

As atas do congresso serão publicadas online em dois volumes, um para cada idioma oficial, com ISBNs diferentes. Todos os resumos das performances e textos completos dos trabalhos aceites, e enviados dentro do prazo estabelecido, estarão disponíveis nesta publicação online. Em 2025 prevê-se a publicação, em e-book, de um livro com a seleção feita por revisão por pares dos melhores trabalhos apresentados durante o Congresso.

valores

Modalidadeaté 31/0801/09 até 30/1001/11 até 15/11
Investigador/Autor140€280€350€
Performer100€200€250€
Estudante100€200€250€
Participante não-autor110€110€275€
Estudante do Programa Doutoral em Estudos Culturais UA40€80€100€

Ativistas:
Um ativista representante de cada Associação/Coletivo/Movimento, como participante autor ou participante não autor tem a inscrição gratuita. Os restantes pagam o mesmo que os Estudantes do Programa Doutoral em Estudos Culturais.